top of page

15° Jantar Italiano na Mariápolis Ginetta. Saiba como foi.


Falar de paz nestes dias pode parecer utópico ou de qualquer modo um assunto que ficou muito distante da realidade, dadas as situações de guerra que avassalam algumas partes do mundo.


Por outro lado, desejamos que a vida prevaleça, que o BEM triunfe e que as oportunidades para promover ações de paz cresçam. Então, pensamos que realizar o 15°Jantar Italiano como programado desde o ano passado, fazia todo o sentido.


O evento deste ano tomou uma dimensão particularmente solene: logo no início todos foram convidados a fazer um momento de silêncio como sinal de solidariedade para com as pessoas que sofrem as consequências da guerra, não podendo desfrutar de momentos alegres e em companhia como este. Com este simples gesto, todos os convidados, voluntários e colaboradores se dispuseram a vivenciar também o evento do Jantar Italiano como uma ação em prol da construção da paz.


A dedicação da comissão organizadora iniciou há bem 6 meses atrás, logo envolvendo as várias equipes de trabalho. O intuito desde o início dos trabalhos sempre foi: preparar a casa para receber os convidados da melhor maneira possível oferecendo um ambiente saudável onde todos se sintam bem, a vontade, onde possam sim conhecer e experimentar um pouco da cultura italiana, mas sobretudo que possam sair enriquecidos pelo espírito de família que a todos envolve e anima.



Por fim, chegou o dia 27 de outubro, primeira noite do Jantar Italiano e chegam os primeiros 250 convidados!

- Buona sera! É o modo em que as simpáticas meninas da equipe da recepção, tipicamente vestidas com traje italiano, acolhem cada convidado(a).



Os convidados são então acompanhados até a mesa. Tudo pronto para oferecer a cada pessoa tudo o que foi preparado com tanto cuidado, dedicação e amor nestes últimos meses.


O clima deste 15º Jantar Italiano é de família, recepção, acolhida, partilha com pessoas conhecidas e novas, alegria de estar juntos. E claro, momento de celebrar a cultura italiana, tão preservada em tantas regiões do nosso país, com um imenso legado de tradição e riqueza culinária, artística, musical e de tantos outros aspectos que enriquecem a nossa própria cultura brasileira. Aproveitamos para agradecer imensamente à família da Adriana Valle (chefe de cozinha do Jantar Italiano) que esteve conosco nestes dias. Tivemos o prazer e a honra de conhecê-los. GRAZIE Giuseppe, Cesarina, Fabíola e Giulia!


Agradecemos a todos os colaboradores, voluntários, a cada pessoas que se fez presente de uma maneira ou de outra, ajudando nos vários aspectos desta grande festa Italiana, que teve seu inicio humilde e simples há 15 anos atrás.


Hoje o Jantar Italiano tem seu espaço considerado e renomeado em Vargem Grande Paulista e região e continua trazendo muita alegria, sobretudo a alegria do encontro, de estar com pessoas que querem viver a paz e que desejam no seu coração, contribuir para que ela chegue lá onde é mais necessitada.



========================

O Jantar Italiano é um evento beneficente que se realiza na Mariápolis Ginetta em Vargem Grande Paulista e consiste em 3 dias: noites de sexta-feira e sábado – jantar italiano e domingo – almoço italiano. Os recursos arrecadados através do evento serão direcionados para:

- Manutenção da Igreja de Jesus Eucaristia

- Projetos Sociais do Movimento dos Focolares

- Projetos das novas gerações (juventudes)

===========================

Transcrevemos as impressões de algumas pessoas que partilharam sobre o evento.

Mais fotos seguem após os depoimentos


Carol de Oliveira e Lucas Castro – Falam em nome da Comissão Organizadora do evento.

Lucas: Este foi o meu primeiro Jantar Italiano. É uma festa muito grande! Até me causou um certo espanto ao pensar na organização de um evento de 3 dias para 1000 pessoas. Mas é uma caminhada que começou há 6 meses atrás e foi se intensificando mais e mais na medida em que a data do evento se aproximava. Também é todo um trabalho de olhar cada um que participa, que se voluntaria, que se compromete, para que cada um possa dar o seu melhor para que se sinta um ativo construtor deste momento.


Carol - Coordenar esta equipe de quase 140 pessoas é um trabalho gratificante. Temos algumas pessoas que já trabalharam nos 15 eventos. Outros são novos. Então existe muita troca de experiência na equipe. Por exemplo, pessoas novas trazem um olhar diferente e soluções inovadoras. O Lucas é um uma prova viva disto: ele trouxe soluções muito práticas, que ajudaram em pontos que tínhamos dificuldades, por exemplo na questão do controle das vendas, na questão da inscrição dos voluntários.


Percebemos o quanto as pessoas querem se reunir. Este fato ficou ainda mais evidenciado depois da pandemia. Todos ficam felizes com esta troca de experiência. É realmente um jantar, almoço de uma grande família italiana.


Lucas – “Ir ao encontro do outro” me parecia ser o nosso lema nestes dias. Ir ao encontro dos convidados é claro para que se sintam bem, a vontade e ir ao encontro dos nossos atendidos dos nossos projetos sociais, das nossas obras. Cada vez que servíamos, que sorríamos a alguém, que propúnhamos um vinho à algum convidado, sabíamos que tudo e cada detalhe impacta também as pessoas que atendemos nos projetos sociais.


Carol - Sobre o momento de silêncio pela paz, vimos que temos esta necessidade, dado o momento que estamos passando, a necessidade de orar, de pedir. Enquanto evento para a família percebemos que é inevitável não pensar nestas pessoas, em quantos são privados de estar com suas famílias e viver a alegria. Este momento significa a nossa solidariedade para com eles.


Lucas – Quanto à organização de um evento como este, diria que é laboriosa, pois também temos as nossas próprias famílias para cuidar e precisamos conciliar os trabalhos do Jantar Italiano. Mas este ideal de construir uma única família é o que nos move e nos dá uma serenidade muito grande. Sabemos que fazemos tudo por algo maior, então vale a pena respirar e recomeçar para que se resolva junto cada questão. Neste sentido, todas as pessoas são peças fundamentais deste mosaico, desde a pessoa que veio para passar uma toalha até as pessoas que passaram horas limpando talheres, organizando as mesas, pensando na decoração, animação, cozinha, estacionamento, etc. Esta construção engloba todos os aspectos do evento, por isto queremos agradecer a cada pessoa que doou seu tempo e se dedicou sem medidas para a realização do 15º Jantar Italiano.



"É um prazer estar mais uma vez neste grande almoço de confraternização. O mais gostoso de tudo aqui é esta união: poder abraçar um ao outro neste clima de diálogo. Quero parabenizar o Movimento dos Focolares, a Mariápolis por mais este evento. É um evento de suma importância para a nossa cidade. Temos pessoas de Vargem Grande Paulista, mas também muitos visitantes. Tenho conversado com pessoas que vêm de outras cidades só pra participar deste almoço. É Vargem Grande Paulista servindo de experiência para outras partes do Brasil, e até para outros países, como aqui tem também pessoas de outros países. Mais uma vez, parabéns"!

Prefeito Josué Ramos – Vargem Grande Paulista


"Estou tendo a honra de participar do 15º Jantar Italiano. Tenho muitos amigos aqui na Mariápolis. Estou aqui hoje não somente para degustar o jantar italiano, mas também para estar com as pessoas, conviver com este multiculturalismo, conhecer a cultura italiana e também encontrar amigos e fazer novos amizades".

José Roberto Cruz - Secretário Municipal do Turismo Vargem Grande Paulista


"Existe uma Instituição aqui na Mariapolis Ginetta que cuida especificamente dos projetos sociais. Temos o Centro Social Quilombo do Carmo, onde atendemos crianças, adolescentes, jovens e famílias. O Centro Social Jardim Margarida que também tem por finalidade atender crianças, adolescentes, jovens e famílias. O Projeto Esporte pela Paz, que congrega adolescentes e jovens mirando promove-los através do esporte. E a Casa de Acolhida Recomeçar para PSR’s (Pessoas em Situação de Rua). O Jantar Italiano já na sua 15ª edição tem como finalidade, além de propor este ambiente agradável para se conviver degustando a gastronomia italiana, arrecadar recursos para manter os nossos projetos sociais. Por isto nosso grande obrigado a todos os participantes e colaboradores".

Sérgio Previdi –Diretor Executivo e Co-Presidente da SMFocolari



"O Jantar Italiano é sempre novo, é realmente diferente cada vez. Procuramos sempre melhorar. O que eu achei que foi “novo” desta vez foi uma maior integração das equipes. Todos assumiram juntos suas tarefas. Eu tinha em mãos -, junto com a equipe da cozinha - o desafio de preparar os pratos para mais de 300 pessoas por dia, mas senti que foi mais tranquilo este ano. Além das expectativas que foram superadas, não ouvi ninguém dizer que "foi bom", mas que “cada vez é melhor". Podemos nos perguntar: O que é melhor? É a comida? Sim, pode ser. Mas é sobretudo o "amor". Por isto procuramos "esquecer de nós" para amar a todos. E o amor eleva a comida, eleva a decoração, a recepção...o amor te faz ver tudo belo. Geralmente nossa clientela está acostumada a ir a restaurantes. Com certeza são bem servidos, mas talvez as vezes de um modo um tanto frio. Aqui recebem o calor, desde quando passam no portão de entrada, até chegar à recepção e durante toda a noite. Hoje as pessoas precisam disto: de amor. Claro que também procuramos fazer bem as coisas com profissionalismo, mas sobretudo procuramos permear nossas ações com o amor, pois sem isto nem o melhor prato ficaria bom".

Adriana Valle - chefe de cozinha do Jantar Italiano


"É uma ponte de união esta que se gera entre os colaboradores e amigos da Espiga Dourada, o Jantar Italiano e todas as pessoas às quais se direcionam os recursos arrecadados através do evento. Portanto estas pessoas são mais do que colaboradores, são amigos que tem no coração o empenho, a vontade de fazer algo pela humanidade. A alegria deles em poder doar é imensa, apesar das dificuldades que também encontram.

Esta rede do bem cresce a cada ano e contribui para que o Jantar Italiano possa ser algo que influencia a sociedade. Quantas pessoas de todas as classes participam deste evento! Quantas pessoas doam o que podem! Nesta corrida da preparação do Jantar Italiano todos se sentem protagonistas e colaboram com alegria. Tem pessoas que deixam para comprar o ingresso na última semana, mas enviam a colaboração bem antes, pois entendem que a ajuda é eficaz e que faz realmente a diferença".

Diletta – articuladora e colaboradora do aspecto de arrecadação das várias doações

Cida: Foi muito legal quando formamos a equipe. É uma equipe que tem a função de cuidar, servir as pessoas que estão servindo nas várias frentes do jantar. Os voluntários vêm, se servem e saem com as energias renovadas para continuar a servir ali onde estão atuando. É um momento bem alegre também pois chegam, conversam um pouco e se alimentam.

Fátima: A nossa equipe pode se comparar ao "amor dos avós": porque os pais amam os filhos, mas quem ama os pais? Então é servir quem está na linha de frente e que são os primeiros responsáveis, com este cuidado e amor.

Cida e Fátima – Equipe de trabalho: "Servir a quem serve"


"Nós moramos na cidade de Matão a mais d 300 km daqui. Fomos convidados pela Maria Emília. Viajamos com um grupo 21 pessoas, parentes dela e eu convidado também como amigo dela. Graças a Deus recebi este convite. Tenho cidadania italiana. Faz quase um ano que ela me convidou e coloquei no meu celular para não esquecer desta data. Estamos participando agora deste jantar maravilhoso. Quero parabenizar a todos os organizadores do evento, a comida, tudo tem a ver com a Itália! Parabéns"!

José Dercino Bertolaia - convidado Matão


"Estou achando ótimo este jantar e estou aproveitando bastante. Já estive em outros eventos italianos, mas creio que de um jantar assim não havia participado. É uma oportunidade de encontrar pessoas diferentes. Isto é muito bom"!

Janine - da França – convidada moradora de Caucaia do Alto



"A minha participação aqui se dá através do meu trabalho já conhecido com a Espiga Dourada e com o Centro Mariápolis. Estou aqui para contribuir com este projeto social, disponibilizando meu tempo, minha atuação e conhecimento na área do vinho. Nos últimos anos nos demos conta que o brasileiro está consumindo mais vinho e agora temos também uma carta de vinhos muito bem elaborada. Então recebi esta oportunidade e fiquei muito feliz por formar esta parceria também com o chefe de cozinha, neste caso a Adriana Valle. É uma possibilidade que temos para divulgar a cultura do vinho, a Enogastronomia, que é cultural na Itália e para introduzirmos vinhos de outros países, como também aqui do Brasil.

Também fico feliz em ver o progresso do Jantar Italiano em termos da profissionalização da gastronomia, do serviço oferecido pelos garçons (adequadamente treinados para esta função), e da cultura do vinho, através de uma carta pensada conjuntamente entre o Sommelier e o chefe de cozinha".

Bruna de Moraes – Sommelier pelo SENAC (Ribeirão Preto)


"É o quarto ano que participo do Jantar Italiano. Tenho muitos amigos por aqui e é sempre um grande prazer participar. Tenho um trabalho com a SMF (Sociedade Movimento dos Focolari) há um bom tempo. Já trabalhava com algumas ONGS, mas achei interessante fazer algo mais focado no local onde a gente está, o que permite que percebamos o resultado das nossas ações de modo mais imediato. Tenho aliás funcionários que saíram do Projeto JM e estão no nosso time. É muito gratificante fazer parte de alguma entidade social que ajuda principalmente a crianças e jovens. Auxiliando o jovem também na entrada no mundo do trabalho".

Júlio Avanzi – Empresário – AVANZI QUÍMICA – Vargem Grande Paulista


"Há 5 anos participamos do Jantar Italiano. Teve a pandemia no meio, um momento bem difícil. É uma celebração! Todo ano é como a renovação de um ciclo. Estamos felizes de estar aqui. Vimos que tem música ao vivo, estamos vendo algumas coisas que não tinha. Na verdade, é um presente estar aqui. A gente vem pra ajudar, mas a gente se beneficia demais de tudo o que feito para nós aqui. A atmosfera é muito positiva! É um momento muito especial, esperamos voltar outras vezes".

Paulo - VGP - comerciante (loja de produtos naturais no Jardim Europa)


"É sempre um grande prazer estar aqui trabalhando. Na verdade, servindo porque a recepção é aquela equipe que acolhe. O sentido é viver juntos este clima de família, com pessoas engajadas para receber pessoas que vem conviver e compartilhar experiências. A equipe da recepção é isto: receber as pessoas e acompanhá-las nesta experiência do jantar ao longo da noite".

Cezar Sena - Equipe de trabalho - Recepção


"Quero deixar meus parabéns à organização deste jantar Italiano, maravilhoso! Tenho uma empresa de consultoria financeira aqui na Mariápolis. É o segundo Jantar Italiano que participo e contribuo, porque acredito neste projeto que ajuda a realizar os sonhos de pessoas, especialmente de crianças. Acredito nos projetos sociais apoiados pelo Jantar Italiano".

Sueli Camargo – convidada, colaboradora de Vargem Grande Paulista


"Pra nós é um prazer participar. Este já é o 5º ano que viemos ao Jantar Italiano. A intenção do Jantar Italiano é também de estar ajudando as obras sociais e isto é muito importante. Para nós é uma honra poder fazer parte deste projeto. Temos a parceria com a Espiga Dourada e a Orquídea tem por filosofia: “alimentar além do alimento”. Acho que vem bem de encontro com este projeto apoiado pela Espiga Dourada. Então é tudo de bom"!

Ricardo e Darlene - Orquídea Alimentos – convidados e colaboradores de Cotia


"O Jantar Italiano está sendo uma experiência muito bonita de sermos família. Também pensei que era um pouco como um laboratório de unidade, de convivência, onde uns estão a serviço dos outros. No primeiro dia pude ajudar e agora estou desfrutando do Jantar. Isto foi muito bom para ver como estamos realmente todos juntos em tudo".

Nicélia de Cuba –equipe de trabalho e convidada

=======================================










453 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page