top of page

Encontro dos focolarinos e focolarinas com Bernadete e Angel - Conselheiros do Centro da Obra.


Gratidão, alegria e grande emoção são palavras que podem descrever o encontro desta tarde, sábado 22 de abril no Centro Mariápolis Ginetta. O encontro aconteceu no modo híbrido, o que permitiu a participação de vários focolarinos e focolarinas da região Sul e Sudeste, além dos presentes na sala.




Os Conselheiros do Centro da Obra - Bernadete e Angel - trouxeram calorosas saudações da presidente Margaret Karram e do Co-Presidente Jesus Moram. Mas estavam também "carregados" de grande emoção como dizia Angel, por estar nesta sala tão especial (o auditório do Centro Mariápolis Ginetta), onde Chiara esteve e de onde semeou o Carisma da Unidade em tantos corações nos anos de 1991 e 1998 em visita à Mariápolis. Tanto Angel quanto Bernadete comentavam com gratidão sobre as muitas vocações que desabrocharam no Brasil desde que o Ideal aqui chegou. A alegria foi o denominador comum desta tarde especial.


Logo após uma breve apresentação da sala e dos participantes on-line, houve um belíssimo momento de partilha de Angel e de Bernadete que contaram como conheceram o Ideal da Unidade e falaram sobre o impacto da grande novidade do Amor de Deus em suas vidas.


Cada um no seu contexto, se deu conta de que se tratava de um novo encontro com Deus, que trazia nova liberdade e um forte chamado a sair de si para amar, para viver pela unidade. Perceberam e responderam ao chamado a ser construtores da presença de Jesus em meio de acordo com as palavras do Evangelho: "Onde dois ou mais estão reunidos em meio nome, ali estou eu no meio deles". (Mt 18,20)


Em seguida, um momento de diálogo sobre os temas mais recentes que vem sendo tratados na Obra, dentre eles o Projeto Brasil. A esse respeito Márvia e Aurélio (Corresponsáveis da Obra no Brasil), comentavam que mais além do aspecto prático deste projeto, é importante refletir sobre esta questão a partir de um olhar mais profundo.


"Mas o que é o Projeto Brasil? Pode parecer um slogan, mas não é. É a nossa vida! Por exemplo, se fazemos um retiro é para crescer na união com Deus, correto? Sim, é claro. Mas é para que possamos fortalecer-nos, para levar o Ideal a todos. É a vida que se concretiza". Comentava Márvia.


A tarde foi oportuna para "parar" juntos, para escutar e refletir sobre as tantas possibilidades que se apresentam de levar o Ideal onde talvez ainda não tenha chegado, de anunciar o Carisma da Unidade e de testemunhar a presença de Jesus em meio que a tudo renova e dá sentido.


No contexto deste rico diálogo que se estabeleceu entre todos, ambos Bernadete e Angel ressaltavam o quanto ficaram tocados ao perceber a sensibilidade do povo brasileiro à realidade de Jesus Abandonado presente de modo inequívoco nos mais vulneráveis e frágeis. Angel relembrava justamente o fato que Chiara ao despedir-se de Ginetta - ao embarcar para o Brasil no ano de 1959 - lhe entregara não um crucifixo de madeira ou de metal, mas sim um crucifixo vivo: Jesus Abandonado que teria encontrado nos que mais sofrem nestas terras brasileiras. Um modo de responder a este "grito" de Jesus Abandonado se dá através da concretização de ações sociais já existentes de Norte a Sul do Brasil.


Bernadete e Angel permearam toda a tarde com exemplos cheios de sabedoria, que remetiam muitas vezes à vida da natureza. Transmitiram portanto novo alento e nova luz ressaltando que os frutos aparecem quando fazemos a nossa parte e quando percebemos e acolhemos o trabalho de Deus na nossa vida e na vida da Obra.


A palavra "profundidade" apareceu inúmeras vezes sublinhando a importância de não "sobrevoar a vida", mas de saber colher e entender juntos o que Deus pede no momento presente da vida.


IMENSA GRATIDÃO PELA PRESENÇA DE ANGEL E BERNADETE!




40 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page